... E quando você se aproxima... mesmo que em meu pensamento...
O medo me envolve... 
Talvez essa distância, seja seguro pra mim...
Talvez tenha me acostumado, a não tê-lo mais em meus braços...
A não sentir mais seu cheiro, seu gosto; seu toque...
Talvez tenha me acostumado a não ter mais aquela felicidade estampada na cara...
Aqueles olhos brilhando... e o sorriso nos lábios... provas do quanto o amava;
E quando você se aproxima demais é perigoso pra mim...
Talvez porque meu sentimento ainda esteja vivo...
Talvez porque eu não suportaria que agora fosse tudo diferente
Já que um dia... foi tão perfeito e extraordinário!!!


Por: Tânia Vaz

"Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei atrás e tornei a fugir. São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu lhe direi delas, caso contrário não será preciso. Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você. Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim..."



Caio F. Abreu


Há coisas que o tempo não desfaz
Há coisas que a vida pede mais
Se ainda estou tentando me afastar
Meu coração só pensa em voltar
Sorrisos e palavras são tão fáceis
Escondem a saudade que ficou
Mas acho que cansei dos meus disfarces
Quem olha nos meus olhos
Vê que nada terminou...




Que lindoooooo!!!!
Ameii... amo essa música...
Ela me leva de volta aos tempos felizes!
E hoje em dia como é que se diz Eu te Amo?
Já faz tanto tempo que ousei pronunciar essa frase á alguém...
Já faz alguns anos.... alguns...
Desde que tudo se perdeu... 
Eu te Amo! 
Não, não poderia mais dizer isso...
Pois só se ama uma vez...
Só se entrega a alma uma vez...
Apenas uma vez...


Por: Tânia Vaz
...Fazia coisas para tentar esquecer...
Mas os momentos bons foram tão fortes, tão intensos...
Como se desprender daquilo que lhe fez bem?
Como apagar as lembranças que fazem sorrir?
A saudade atormenta... 
Saudade da voz que me acalma...
Do toque que me envolve...
Do sorriso que me encanta...
Mas acredito que tudo está certo... no seu lugar...
Cumprindo o seu destino...
E "nosso tempo"  foi perfeito...
E se tivesse que acontecer de novo... tenho certeza
que seria assim... exatamente assim...
... Fazia coisas para tentar esquecer...
Mesmo que em vão!


Por: Tânia Vaz

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor: Chore o
quanto quiser, mas não brigue com Deus por Ele haver me
levado. Se não quiser chorar, não chore. Se não
conseguir chorar, não se preocupe. Se tiver vontade de
rir, ria. Se alguns amigos contarem algum fato a meu
respeito, ouça e acrescente sua versão. Se me elogiarem
demais, corrija o exagero. Se me criticarem demais,
defenda-me. Se me quiserem fazer um santo, só porque
morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas
estava longe de ser o santo que me pintam. Se me
quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse
um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei
ser bom e amigo. Espero estar com Ele o suficiente para
continuar sendo útil a você, lá onde estiver. E se
tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga
apenas uma frase: - "Foi meu amigo, acreditou em mim e
me quis mais perto de Deus!" - Aí, então derrame uma
lágrima. Eu não estarei presente para enxugá-la, mas
não faz mal. Outros amigos farão isso no meu lugar. E,
vendo-me bem substituído, irei cuidar de minha nova
tarefa no céu. Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha
na direção de Deus.  Você não me verá, mas eu ficaria
muito feliz vendo você olhar para Ele. E, quando chegar
a sua vez de ir para o Pai, aí, sem nenhum véu a
separar a gente, vamos viver, em Deus, a amizade que
aqui nos preparou para Ele. Você acredita nessas
coisas? Então ore para que nós vivamos como quem sabe
que vai morrer um dia, e que morramos como quem  soube
viver direito. Amizade só faz sentido se traz o céu
para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o
seu começo. Mas, se eu morrer antes de você, acho que
não vou estranhar o céu... "Ser seu amigo... já é um
pedaço dele..." 

Chico Xavier

Você saiu e ainda não fez o favor de bater a porta com força, como quem diz:não voltar nunca mais.
Mas porque não me deleta da tua agenda? 
O que é?
Te incomoda que eu te esqueça?
Que eu não te procure nunca mais?
Que nos tornemos dois desconhecidos?
Que um dia qualquer meus ouvidos estranhem a tua voz, e que a boca, involuntariamente ao atendê-lo, pergunte:
Quem fala?
Que eu te encontre por essas esquinas, e os meus olhos não reconheçam os teus?
- Se é que um dia eles se enxergaram…digo, de verdade.
Foram apenas apresentados por nós, e por nós mesmos também afastados. Mas os meus se foram loucos… para olharem pra trás, foram querendo ficar.

- Faça-me um favor…? 
Não comunique-se com nenhum dos meus sentidos. Nenhum !
Pois depois que falam contigo, correm direto ao coração pra contar- me de ti.

E lá é perigoso. Pra mim.

Odeio o teu papo-furado e as tuas perguntas repetidas.
Odeio também ter que me repetir nas respostas, e às vezes, por descuido nelas me entregar mais-uma-vez.
Odeio ainda tremer, mesmo nos dias quentes, com essa tua voz!
Odeio querer achar segundas intenções nas tuas frases, e odeio mais ainda quando as encontro.
Odeio ter que perder meu tempo depois, tentando juntar o que me disse.Sem razão.
Odeio, odeio! Me sentir refém do que sinto…

Você deve saber o reboliço que causa aqui, e faz de propósito.
E que raiva sinto de mim por te escutar! Por querer te escutar!

Entenda, que quero você bemmas não quero sabê-lo!

AAAAHH se eu pudesse me desligar, te desligar de mim! Como no telefone...

Num clic. Só com a cara e a coragem esquecer.

Tudo isso desassossega-me o juízo.
Começo a lembrar, enxergar, escutar, sentir demais.

Odeio odiar todas essas coisas, e mais ainda não te odiar, te quererNão te possuir.
Odeio essa contradiçãoque eu entendo.
Odeio, sobretudo, quando pulas fora de mim, e te vejo concreto no papel.
Odeio quando você se torna a minha inspiração pra escrever!

É. Gosto de você.

Ainda.

Constatação. 


Não poderia aceitar o inevitável...
Porque tudo o que é especial, se perde?
Porque tudo o que se perde faz sofrer?
E uma vez mais suplico aos céus nosso reencontro...
E se tudo o que é verdadeiro, volta...
Creio que os anjos ouvirão minha prece!!!!

Por: Tânia Vaz


E mesmo sem te ver
Acho até que estou indo bem
Só apareço, por assim dizer
Quando convém aparecer
Ou quando quero
Quando quero
Desenho toda a calçada
Acaba o giz, tem tijolo de construção
Eu rabisco o sol que a chuva apagou
Quero que saibas que me lembro
Queria até que pudesses me ver
És parte ainda do que me faz forte
E, pra ser honesto,
Só um pouquinho infeliz...

Legião Urbana
Hoje resolvi escrever sobre alguém, que a muito tempo tomou da minha
vida e do meu coração...
E foi nesse exato momento que descobri que nem sempre quando a gente ama muito uma pessoa,
é fácil falar sobre ela, ou sobre o que se sente...
Sei que ela sabe o quanto é especial para mim, e o quanto nossa amizade é verdadeira...
Talvez por ela saber tanto... eu não consiga expressar se quer, metade do meu carinho,
amor, respeito e admiração...
As palavras me fogem, me emociono, fico triste e feliz, ao imaginar, que pela primeira vez
em tantos anos de amizade ficaremos realmente separadas...
"Ela" que há muito tempo atrás ingressou na minha vida, como a amiguinha, da minha amiguinha...
e que não me suportava, rs.... Confesso que também não me simpatizava muito com ela não... rs
Mas felizmente, nem sempre a primeira impressão é a que fica... felizmente mesmo...
Então o tempo, e o destino se encarregou de nos unir, de todas as formas...
Pensando bem, na verdade foi Deus, o senhor de todas as coisas...Me deu de presente mais uma irmã...
Que estaria ao meu lado, e cuidaria de mim, por toda vida... e foi exatamente o que aconteceu...
Tão diferente de mim... e ao mesmo tempo tão idêntica... Teimosa que só.... carinhosa, sincera, amorosa e verdadeira... Me ensinou a importância de dizer tudo o que se sente, me mostrou que dizer EU TE AMO, a um amigo de verdade, não é nenhum bicho de sete cabeças.... rs, e depois acabei passando passando isso adiante... que bom!
Ela estava ao meu lado, quando vivi o mais lindo sonho... presenciou meus momentos mais felizes, sorriu comigo, viveu comigo minhas alegrias...
Mas também me levantou do chão, em todos os sentidos da palavra, quando eu mais precisei, quando
meu mundo desabou... quando eu perdi meu sonho... ela estava lá...
Um dia chegou a me dizer ...que por mim, ela mataria ou morreria se preciso fosse... e eu realmente não duvido, com aquele coração imenso que só ela tem... talvez eu, pobre mortal... nem seja digna de um amor assim, tão grande...
Bom... chega se suspense neh?! Vou logo revelar que a dona de um dos textos mais sinceros da minha vida, é minha irmãzinha Naiara Aparecida Ramos, como a conheci... e que mais tarde teria outros sobrenomes, rs... mas que não importa, porque pra mim ela será sempre Nah...
Minha luz, Minha guia, Anja, Alma Gêmea, Amiga para sempre...
Enfim, definir com palavras alguém assim tão especial, é quase impossível... mas eu tentei .. rs
Estou Muito feliz por tudo o que ela tem alcançado... Ela que sempre disse me admirar pela minha coragem...
Na verdade, hoje, é quem demostra ser a pessoa mais corajosa que já conheci...
E apesar de meu coração estar partido, só de imaginar a distância que haverá entre nós daqui a poucos dias, Me sinto imensamente feliz... porque o sucesso dela, é meu sucesso, a felicidade dela, é minha felicidade, o sonho dela é meu sonho... Porque a vida dela... é minha vida! Embora não tenhamos o mesmo sangue;
Nah! você terá pra sempre, o meu amor... e minha gratidão... Obrigada por ter me ensinado, que a vida é linda de viver!


Toda sorte e felicidade do mundo minha flor.... Vou estar contigo... não duvide!
"Amor que eu nunca vi igual e nunca mais verei"!!!!


Por: Tânia Vaz... ou pra vc  simplesmente Tân =)
Eu queria pedir a Deus mais uma chance...
Uma última oportunidade,
Para dizer o quanto você é importante...
O quanto sinto sua falta...
O quanto penso em você, todos os dias, em todos os momentos...
Gostaria que soubesse, quanto de você, ainda vive em mim...
E o quanto... Te quero bem!!!

Por: Tânia Vaz
(...) Com  as mãos trêmulas... os olhos lacrimejando, e uma angústia no peito...
 juntou toda sua coragem e disse-lhe:
Promete que nunca vai me deixar?
Com a mesma angústia, e incerteza, veio a resposta...
-"Isso já foi prometido"... 
Chorou (...) Pois sabia que as promessas se quebram, antes mesmo de serem feitas!

Por: Tânia Vaz




"Infinitas horas de sono perdidas a pensar nele, a contar há quantos dias não falamos... ,
.. ou quantos dias  faltam para ele chegar e voltar a vê-lo...
E assim sentir, e respirar com ele o mesmo ar."





Em meio a sorrisos e sumiços, consegui esconder toda dor...
Consegui disfarçar um sentimento sufocado... 
Sentimento este que gritava por socorro...
Implorava pela vida...
Mas eu não podia, tinha que mantê-lo lá... 
aprisionado... acorrentado...
Um amor tão lindo... tão puro... 
E sem esperanças para crescer...
Sofrimento!...
Entre angústias e devaneios, enlouqueci...
Entre mágoas e tristezas, estou aqui...
Entre lágrimas e despedidas, deixei-o ir...
E mesmo com o coração partido...
Sobrevivi!

Por: Tânia Vaz

"Quando uma pessoa de quem gostamos muito é tirada de nós, você nunca mais volta a ser o mesmo"!

"Nossas digitais, não se apagam das vidas que tocamos"...

"Você pode estar feliz e ainda sentir-se tentado."

"É incrível quanto estrago pode ser feito quando só se tem boas intenções."





Minha mente vaga em pensamentos já reclusos.
Viajo em episódios vividos e sonhados...
Um dia te quis e te chamei de meu.
Hoje o que era se foi.
O amor presente se fez passado... Saudade!
De repente a saudade, a nostalgia me abraça.
Meu amanhecer foi até você.
Relembrando, sentindo, querendo...
Percorro caminhos obstruídos.
Um dia te desejei e te senti meu.
Hoje o que almejei, o tempo levou.
O querer presente se fez passado... Saudade!
De repente à vontade, a tristeza me alcança.
Meu entardecer foi até você.
Sonhando, vivendo, pedindo...
Corro alamedas interrompidas.
Um dia te amei e te proclamei meu.
Hoje o que amei, o encanto acabou.
O amor presente se fez passado... Saudade!
De repente a lembrança, a dor me entristece.
Meu anoitecer foi até você.
Amando, esperando... Ainda amando.
Recordo tempos existidos...
Um dia fui feliz e passou.
Hoje o que esperei, o momento passou.
O sonhar presente se fez passado... Saudade!
Saudade de um amor passado.
A dor presente se faz passado... Saudade!
A esperança presente se faz futuro... Saudade?
Não, simplesmente um novo recomeço.



 Débora Francischini





Quando você tenta o seu melhor, mas não tem sucesso.
Quando você consegue o que quer, mas não o que precisa.
Quando você se sente cansado, mas não consegue dormir.
Preso em marcha ré.

Quando as lágrimas começam a rolar pelo seu rosto.
Quando você perde algo que não pode substituir.
Quando você ama alguém, mas é desperdiçado.
Pode ser pior?




... É Tão certo que traremos tudo á tona novamente...
... E tão mais cedo do que se possa prever,
....Seus lábios encontrarão os meus!!!


Por: Tânia Vaz





Será que é tempo que lhe falta para perceber? Será que temos esse tempo para perder? E quem quer saber? A vida é tão rara... Tão rara...



Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. "E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz". Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. É fácil porque os dias passam rápidos demais, é dificil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles. E todos os dias eles se perguntam o que fazer. E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. E que no momento certo se reencontrem e que nada, nada seja por acaso."


Caio Fernando Abreu...







Gostaria de ser forte, a fortaleza é algo tão admirável...
Conheço pessoas que se portam como verdadeiras rochas...
Resistem a tudo, suportam tudo...
Sempre firmes, sempre em pé, sempre de cabeça erguida...
Porque para mim é tão difícil não se abater diante das dificuldades que a vida me impõe?
Talvez se eu deixasse a emoção de lado... 
Talvez se eu ouvisse mais minha razão, e seguisse menos o coração... 
Talvez se eu fosse um pouco menos humana... 
Talvez se eu fosse menos sincera... 
Amar menos, também não seria má ideia... 
pois em um contexto básico, amar menos significa sofrer menos...
Talvez se eu soubesse fingir, esconder, mentir, disfarçar... 
Talvez se eu me tornasse outra pessoa... 
Ou de um jeito mais simples;
Possivelmente eu não tenha sensibilidade para entender o que
é ser forte...  Mas ousaria dizer que ser forte, talvez seja 
ser quem a gente realmente é...
Afinal, nada exige mais coragem quanto admitir o que se sente...
Lembro-me de uma frase citada por um autor, em um dos livros que li... Que dizia;
"Muitas vezes se exige mais força para proteger uma pétala, do que para derrubar uma árvore imensa"...
É! ser forte deve ser isso... 

Por: Tânia Vaz



Era como um sonho... 
Brilhava como estrela... 
Refletia como a luz da lua, tocando o mar...
Era doce, tal como, uma canção de ninar...
Mas se foi...
Do sonho despertou...
O brilho se perdeu...
A luz se apagou...
E aquela canção não mais tocou!!!


Por: Tânia Vaz




"Foi assim que te conheci, foi assim que te encontrei e amei... 
Serás sempre um anjo para mim... Anjo que para 
sempre recordarei"!!!





Amizade

A verdadeira amizade é uma pérola
de valor inestimável.

Cultive a amizade.
Corresponda às gentilezas.
Não se encolha.
Nem se afaste dos outros.
Aproxime-se.
Há muito de amor trancado em você.
Procure ser o amigo das horas difíceis.
Dê demonstrações de sua amizade,
mas não espere ser correspondido(a).
Compreenda que nem todos
são como você.
Tolere as faltas dos seus amigos.
 
Tenha amizade pura e desinteressada.
Não deixe que o tempo a consuma.
Não pode ser amigo,
quem não AMA INCONDICIONALMENTE.
Hoje deparei-me com a tristeza...
Aquela que machuca, aquela que tortura, aquela que destrói...
Deixei-me levar pela escuridão... Porque já não consigo mais encontrar a luz...
Deixei-me porque é mais fácil... estou tão cansada...
Tão cansada!!!


Por: Tânia Vaz
Solidão ou Egoísmo?
Duas palavras tão distintas, não é mesmo?
Não! não é! Calma, eu explico....
Acho engraçado a facilidade que algumas pessoas tem de se sentirem tristes,
depressivas, solitárias... e com frequência vejo isso... e claro por vezes também me sinto desta forma.
Mas o que é estranho mesmo é o agente causador dessa solidão... Nós mesmos!
As vezes mergulhamos tão fundo no nosso íntimo, no nosso egoísmo, fugimos de tudo que nos traz qualquer tipo de alegria, de conforto, de paz... fazemos isso talvez porquê o ser humano goste mesmo é de um pouco de sofrimento, de ter algo para reclamar,algo que possa lamentar.
Algumas pessoas passam tanto tempo lamentando a falta de alguém que foi importante em sua vida, e que por algum motivo deixou de ser, passam tanto tempo cultivando essa dor, essa perda... e esquecem daquelas pessoas que sempre estiveram ali, logo ao lado... aquelas pessoas que fazem de tudo para vê-lo feliz, para vê-lo em pé, estão sempre inventando algo pra desviar sua tristeza, aquelas pessoas que as vezes se vestem como bobo da corte para arrancar-lhes um sorriso, aquelas pessoas que sempre estiveram com você em todos os momentos, aquelas que se lembram de coisas suas, que você mesmo esquece... Mas você, ocupado demais com o que passou, sequer nota todo esforço que fazem, para que você fique bem...
Até que um dia elas se cansam de tudo isso, e se afastam...  Não porque o amor acaba, mas porque é triste não ser reconhecido, não ser respeitado, não ser amado...
Quantas pessoas já passaram pela nossa vida, e se foram?
Então parando para pensar, você é solitário ou egoísta?
Valor demais as coisas fúteis, e desprezo ao que realmente importa... 
Sabe, as pessoas não perdem umas, as outras... elas as deixam partir...
Elas as mandam embora...
Cada vez que não demonstram o que sentem...
Cada vez que não se importam...
Cada vez que ignoram...
Cada vez que negam um abraço...
Cada vez que não ajudam...
Cada vez que não dizem eu Te Amo...
É fato que algumas pessoas terminam suas vidas sozinho, sem sequer ter alguém para
chorar sua partida... 
Mas isso nos leva a pensar, e a refletir;
O que estamos fazendo para manter ao nosso lado as pessoas que amamos,
as pessoas que nos amam, independente de tudo...
as pessoas que se importam, as pessoas que cuidam da gente?
O que VOCÊ está fazendo para não perder os poucos que ainda restaram em seu caminho???


Por: Tânia Vaz


Então me vens e me chegas e me invades e me tomas ,
e me pedes e me perdes e te derramas sobre 
mim com teus olhos sempre fugitivos e abres a boca para libertar 
novas histórias e outra vez me completo assim, sem urgências, e me concentro inteira nas coisas que me contas, e assim calada, e assim submissa, te mastigo dentro de mim enquanto me 
apunhalas com lenta delicadeza deixando claro em cada
 promessa que jamais será cumprida, que nada devo 
esperar além dessa máscara colorida, que me queres
 assim porque é assim que és..."
"Dane-se. Comigo sempre foi tudo ao contrário."

Eu preciso aprender a ser menos. Menos dramática. Menos intensa. Menos exagerada. Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso. Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte para tranqüilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito. Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma. Eu preciso respirar. Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito. Eu preciso desatar o nó. Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. Aonde está a placa de PARE bem no meio da minha frase? Confesso: eu não consigo. Nada em mim pára, nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama. E eu vou... Com o coração na mochila, o lápis borrado, o sorriso e a dúvida, a coragem e o medo, mas vou... Não digo: "estou indo", não digo: "daqui a pouco", nada tem hora a não ser agora. Existe aí algum remedinho para não-sentir? Existe alguma terapia, acupuntura, pedras, cores e aromas para me calar a alma e deixar mudo o pensamento? Quer saber? Existe. Existe e eu preciso. Preciso e não quero...

Autora: Fernanda Mello
Mais um dia começava... e "dele" eram suas lembranças ...
Não mais se viam, nem se tocavam, nem mesmo se olhavam,
Ou pelo menos fingiam não se olhar...
Seguiram suas vidas.... Seus caminhos...
Ele se foi... dela se perdeu...
Entregou seu coração a outro amor...
E por mais absurdo que parecesse, apesar dos anos que haviam se passado
O pensamento dela pertencia a ele, em todos os momentos...
Ele a acompanhava, no frio, na chuva, nas noites de inverno,
e nos dias de verão...
Por muitas vezes ela queria dividir com ele suas conquistas, sua histórias,
suas piadas e até seus medos.... 
Ela sorria, cantava, trabalhava, estudava e as vezes até se apaixonava...
Mas somente seu coração, poderia saber da saudade que sentia...
E como era difícil seguir sem ele...
Mas seguia...
Tão só... sobrevivendo...
E assim todos os dias, ela tentava se convencer de que tudo
era pra acontecer daquela forma...
Tentava aceitar que nada havia acontecido por acaso!!!


Por: Tânia Vaz

Hoje a saudade tomou conta de mim...
Invadiu meu ser, dominou minha alma...
Queria estar ao seu lado... 
Queria seu beijo... Queria seu abraço...
Queria seu cheiro, seu toque...
Queria.... Quero você!
Eu preciso muito, muito de você...
Eu quero muito, muito você aqui de vez em quando...
Nem que seja muito de vez em quando...
Você nem precisa trazer maçãs, 
Nem perguntar se estou melhor...
Você nem precisa trazer nada, só Você mesmo!!!





Hoje me sinto, inexplicavelmente vazia...
Absurdamente triste...
Hoje me sinto só.... 
Simplesmente só!


"Esforcei-me imenso, mas não consegui simplesmente afastar-me.Não tivemos contato durante meses a fio e eu deixava de pensar nele todos os dias... Depois algo acontecia ou eu via um livro, assistia a algum programa na televisão ou ouvia uma música e queria partilhar isso com ele."




"Queria acreditar no «felizes para sempre», num amor que durasse uma vida"!!!


Queria uma chuva fina ao entardecer...
Queria um sol ardente a me aquecer...
Queria um abraço forte a me proteger
Queria laços fortes a me prender...
Queria novas emoções a me render...
Queria mesmo era saber o que eu quero...
Mas arrisco dizer o que eu espero...
Espero por um beijo que me faça acordar...
Espero por um carinho que me faça ninar...
Espero mesmo saber ao certo o que esperar...
Espero por alguém, que eu não sei quem é,
Nem onde estás...
Mas que quando aparecer, me trará
 tudo o que eu quero...
Me dará, tudo o que eu espero!


Por: Tânia Vaz
E cá estou eu, novamente
Com a alma livre...
Com o pensamento firme...
Com o coração fervendo...
Ansiosa por me render...
E uma vontade louca de me apaixonar...

 Por: Tânia Vaz
E hoje ao acordar, lembrei-me da dor que antes sentira...
Mas estranho lembrar dela, já que hoje não dói mais...
É como se ela estivesse calcificada em mim...
Talvez tenha me adaptado a ela,
Tal como a gente se acostuma a uma rotina, e ela se torna trivial...
A gente nem percebe mais...
E de repente aquilo que é excrucitante,
Torna-se-á irrelevante...

Por: Tânia Vaz
E o amor hein?
Essa explosão de sentimentos indefiníveis
e misturados que acontecem dentro da gente...
Porque é sempre tão complicado?
Porque quase nunca deve ser dito 
o que realmente sentimos?
Porque temos que fingir?
Porque temos que esconder?
Isso é tão contraditório...
Já que o amor é a força que move o mundo...
Porque então não posso dizer o que sinto a quem eu quero?
Ah! Minha vontade mesmo, é sair gritando ao mundo
e não somente a ele....
Eu te amo! Eu te amo! Eu te amo!
E isso é tudo o que eu queria dizer...


Por: Tânia Vaz